Uma senhora anfitriã

Bárbara Regina Settembre está fazendo a diferença na Unimed Laboratório

Se você ainda não teve a oportunidade de conhecer a Bárbara, vai se encantar se for à Megaunidade entre 7 e 13h, de segunda a sábado. É que nestes horários, ela está por lá em um cargo denominado anfitriã. Ela foi selecionada entre diversos candidatos para atender as pessoas que chegam com carinho e acolhimento. A escolha não poderia ter sido melhor, pois a Bárbara está muito feliz. E nós, da Unimed Laboratório, também estamos muito felizes com ela.

“Alguns pacientes chegam mais ansiosos, com receio do que pode aparecer nos resultados dos seus exames, então eu preciso ter esta sensibilidade para transmitir confiança, ficar perto para apoiar, convidar para tomar um café e conversar”, relata ela, que também tem em suas atribuições a tarefa de atender as crianças, às vezes assustadas com o novo ambiente. Bárbara encara a rotina de uma forma bastante natural e espontânea, sentindo-se como se estivesse entre amigos e familiares em casa.

Antes de trabalhar na Unimed Laboratório, a anfitriã sempre desempenhou atividades relacionadas ao atendimento ao público. “Entendo que cada pessoa é diferente da outra, por isso, procuro entender cada uma”, conclui.

Projeto Anfitrião

O Projeto Anfitrião disponibiliza uma posição de trabalho na Unimed Laboratório a uma pessoa da terceira idade encarregada de receber os pacientes e identificar eventuais problemas ou necessidades. Para Milton Zymberg, superintendente da Unimed Laboratório, o olhar das empresas para a terceira idade tem mudado. Hoje um profissional com 60 ou mais pode contribuir muito. “No nosso caso, o anfitrião terá a sensibilidade de perceber quando um paciente está precisando de mais atenção, de cuidados e até de companhia. E isso somente a experiência de vida traz”, acredita.

Posted in Notícias and tagged , , .

2 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *