Manejo adequado de resíduos

Você sabia que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) estabeleceu regras nacionais sobre acondicionamento e tratamento do lixo hospitalar gerado – da origem ao destino? Aqui, na Unimed Laboratório, nós as seguimos rigorosamente.

Sabemos que esses materiais podem representar risco à saúde humana e ao meio ambiente. Por isso, separamos adequadamente o que é chamado de lixo infectante, que tem como características ter a presença de agentes biológicos, como sangue e derivados, secreções e excreções humanas, tecidos, partes de órgãos, peças anatômicas, além de resíduos de laboratórios de análises e de microbiologia, e materiais perfurocortantes. Os resíduos perfurantes, por exemplo, contaminados com patógenos ou infecciosos, quando despejados de forma incorreta em aterros sanitários comuns, trazem um grande risco aos catadores de lixo.

Possuímos também uma estação de tratamento de efluentes, onde todo o resíduo líquido gerado nos banheiros, pias e ainda na produção de exames é tratado antes da dispensação na rede coletora de esgoto. Esta ação praticamente elimina o impacto ambiental, reduzindo a níveis mínimos a carga orgânica dos resíduos.
Fazemos isso não apenas por uma exigência legal, mas porque realmente nos preocupamos com o futuro do nosso planeta e também com a saúde de nossos colaboradores, que trabalham diretamente nos processos de coleta, armazenamento, transporte, tratamento e destinação desses resíduos.

Posted in Notícias and tagged , , .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *