Sete dicas para evitar as principais doenças do inverno

A estação mais fria do ano já chegou e, com ela, as típicas doenças do inverno. Neste período, é necessário aumentar o cuidado, principalmente, com as doenças respiratórias, que são mais comuns nesta época do ano.

A grande preocupação dos especialistas é com a Gripe H1N1. “A melhor maneira de se proteger da doença é a vacinação, que apresenta até 90% de eficácia e tem efeitos protetores com duração de oito a 12 meses. No entanto, esses efeitos não se iniciam imediatamente após a vacinação, mas depois de duas a quatro semanas. Por isso, é fundamental que as pessoas se vacinem antes da chegada do frio mais intenso”, alerta o médico infectologista da Unimed Curitiba Jaime Rocha.

A campanha de vacinação na rede pública para os grupos prioritários (idosos, crianças, gestantes, trabalhadores da área da saúde, entre outros) já foi encerrada. Para quem não pode tomar a vacina na rede pública, a orientação é que busque a opção em laboratórios particulares. A vacina oferecida pelo governo ainda é a trivalente, com apenas uma cepa B. Na rede particular, está disponível a tetravalente, que protege contra a Gripe A/H1N1, A/H3N2 e dois tipos (cepas) B. A Unimed Laboratório oferece a vacina tetravalente, na Megaunidade (Avenida Iguaçu, 1.815, Água Verde).

“Agora estamos na última fase da vacinação contra a gripe, com preços especiais. Além dos usuários dos planos de saúde Unimed, o laboratório atende ao público em geral”, revela Milton Zymberg, superintendente da Unimed Laboratório, em Curitiba.

Confira sete dicas do médico infectologista Jaime Rocha para evitar as doenças do inverno:

  1.    Mantenha-se hidratado. O inverno pode ser muito seco e, devido a isso, surgem doenças decorrentes do ressecamento das vias aéreas. Coloque bacias de água ou toalhas molhadas nos cômodos da casa para umidificar o ambiente. Essa medida evita doenças como bronquite, pneumonia, rinite, alergias etc.
  2.    Alimente-se de maneira saudável. No frio, as pessoas tendem a consumir alimentos mais calóricos. Não se esqueça de que as frutas e os vegetais oferecem vitaminas, minerais e antioxidantes que fortalecem o sistema imune.
  3.    Vacine-se contra a gripe. No inverno, as pessoas costumam ficar mais juntas em ambientes fechados e isso facilita a transmissão de vírus, como os da gripe
  4.    Evite permanecer em ambientes fechados, que favorecem a transmissão de vírus e bactérias.
  5.    Consuma chás e bebidas quentes para aquecer a garganta e use cachecóis.
  6.    Exercite-se regularmente. Atividades aeróbicas, como nadar, correr ou simplesmente andar, ajudam a eliminar toxinas que enfraquecem o sistema respiratório e aumentam a capacidade respiratória. Evite exercícios físicos ao ar livre em dias muito frios e secos.
  7.    Use soro fisiológico para umidificar as narinas. Essa medida ajuda a prevenir otite, sinusite e outras doenças das vias aéreas.
Posted in Notícias and tagged , .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *