gluten curitiba

Unimed Laboratório tem lanche sem glúten para os celíacos

A maioria dos exames de sangue é feita em jejum, o que torna tão importante fazer um lanche logo após a coleta. Os laboratórios costumam oferecer café e bolachas, mas os intolerantes ao glúten, muitas vezes, ficam sem opção. Para atender a esse público, a Unimed Laboratorio oferece cookies sem glúten e pão de queijo. “O desjejum sempre foi uma das nossas prioridades, pois sabemos da importância dele depois de um exame de sangue. Nosso objetivo é atender com excelência todos os nossos clientes, por isso essa preocupação com os celíacos”, conta o superintendente Milton Zymberg.

Estima-se que cerca de 1% da população mundial apresente a doença celíaca. O glúten é uma proteína presente no trigo, na cevada e no centeio. Entre os mais atingidos estão as mulheres e o diagnóstico da doença em crianças e adultos vem crescendo nos últimos anos, informa Mauro Scharf, diretor médico e endocrinologista integrante do corpo clínico da Unimed Laboratório.

A Fenacelbra (Federação Nacional das Associações de Celíacos do Brasil) afirma que a doença celíaca afeta acerta de 2 milhões de pessoas no Brasil, porém, um estudo da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) aponta que o número de portadores da doença no Brasil pode chegar a 4 milhões, já que a maioria deles sequer desconfia que sofre com o problema. E esse número merece atenção redobrada, pois a doença celíaca pode causar desnutrição, perda de peso, osteoporose e até câncer de intestino. “Os sintomas são comuns a outros males e as pessoas acabam não desconfiando da doença celíaca. O grande problema é que elas passarão por incômodos que poderiam ser evitados com o tratamento adequado”, alerta Scharf.

A doença celíaca é autoimune. O organismo, devido a alterações genéticas, não tolera alimentos que contêm glúten. O médico explica que, com o tempo, o consumo do glúten leva à perda das vilosidades intestinais, podendo desencadear um processo inflamatório grave no intestino delgado e impedir a absorção de vitaminas e nutrientes.

A Unimed Laboratório tem opções de desjejum especiais para quem possui a doença.  O cookie sem glúten é oferecido em todas as unidades da Unimed Laboratório e basta que seja solicitado ao atendente. Já o pão de queijo está disponível na Megaunidade e nas unidades Fazendinha, Portão e Cajuru.

Sintomas da doença celíaca

O sintoma mais recorrente é a diarreia crônica, muitas vezes desencadeada pela não absorção dos nutrientes pelas paredes do intestino – uma das consequências da doença. Outros indícios são: perda de apetite, distensão abdominal (estufamento), anemia, alterações de humor, apatia e até distúrbios neurológicos.

Alimentos com glúten

Trigo, centeio, cevada, malte e derivados de cada um deles: pães, massas, bolos, bolachas, pizzas, bebidas (como cerveja e uísque) e em inúmeros produtos industrializados. Hoje esses produtos devem trazer em seus rótulos as expressões: “contém glúten” ou “não contém glúten”.

Tratamento

O tratamento consiste em eliminar o glúten do cardápio. Poucos dias após cortar essa proteína da alimentação, os sintomas desaparecem e, em um ano, a mucosa intestinal se normaliza. Para facilitar o tratamento e a adaptação à nova dieta, recomenda-se substituir os alimentos à base de trigo, aveia ou centeio por outros como os derivados de milho (amido, fubá e farinha de milho), os de arroz (farinha de arroz) e os de batata (fécula de batata).

Posted in Notícias and tagged , , .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *